Something went wrong with the connection!

O Expresso Regional

Aeroporto de Itanhaém será avaliado como alternativa para a Copa do Mundo de 2014

Aeroporto de Itanhaém será avaliado como alternativa para a Copa do Mundo de 2014

Aeroporto de Itanhaém será avaliado como alternativa para a Copa do Mundo de 2014
janeiro 25
12:40 2013

Crescimento das atividades do Aeroporto consolida a vocação socioeconômica de Itanhaém 

EDa Redação

O Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior, de Itanhaém, Baixada Santista, será analisado como alternativa para a Copa do Mundo de 2014 pelo Governo Federal. Um ofício enviado pelo Ministério do Esporte confirmou que os dados sobre o complexo aeroviário foram encaminhados para a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República para análise.

Recentemente, o aeródromo foi incluído no Plano Aeroviário Nacional (PAN), em função de seu potencial para crescimento. Com isso, poderá ser inscrito no Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa), que destina verbas para custeio de obras de melhorias em infraestrutura.

No período de onze meses de 2012, o aeroporto itanhaense superou em mais de 100% o movimento registrado durante todo o ano de 2010. O complexo é o sétimo em volume de pousos e decolagens entre os aeroportos administrados pelo Governo Estadual, por intermédio do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp).

No período de janeiro a novembro de 2012, o Aeroporto de Itanhaém registrou 21.491 pousos e decolagens, contra os 8.386 de 2010. O volume também supera o movimento de 2011, que registrou 15.638 pousos e decolagens. Esses números atestam a tendência de crescimento do complexo aeroviário.

Se compararmos com os números de alguns anos atrás, a evolução fica ainda mais evidente. Em 2006 foram registrados apenas 4.183 pousos e decolagens, ou seja, em onze meses de 2012, esse volume foi superado em mais de cinco vezes.

Tal movimentação no serviço aéreo motivou uma série de investimentos por parte do Governo do Estado e da Petrobras, que usa o aeródromo como base de operações aéreas para as plataformas localizadas em alto mar. E a Prefeitura de Itanhaém vem investindo em infraestrutura urbana para atrair novos empreendimentos para a Cidade.

O Aeroporto de Itanhaém vem recebendo do Governo do Estado um investimento de R$ 9,1 milhões para obras na pista, acessos e pátio de aeronaves. As melhorias irão contemplar a construção de pista de rolamento e acessos, ampliação de pátio de aeronaves e nivelamento da faixa de pouso e decolagem.

Foi aberta também a licitação para a construção de uma nova seção de combate contra incêndios no complexo aeroviário itanhaense. A obra está orçada em R$ 1,5 milhão.

Atualmente, o aeroporto itanhaense conta com uma pista de pouso e decolagem com 1.350 metros de extensão por 30 metros de largura. É superior a do Aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro e capaz de receber aviões do modelo Boeing 737, com capacidade para 100 pessoas.

AVIAÇÃO EXECUTIVA – Em novembro de 2012 foi inaugurado no aeroporto o BR Aviation Center, um centro completo de prestação de serviços para os clientes da aviação executiva. O conceito desse empreendimento consiste em atender clientes da aviação em geral, proporcionando-lhes um tratamento personalizado. O executivo conta com uma sala VIP e um business center com sala de reunião, acesso a internet, além de atendimento na pista.

O piloto dispõe de computadores para efetuar o plano de voo. E para a aeronave, além do abastecimento, são oferecidos todos os cuidados necessários, como serviços de hangar, polimento, limpeza interna e externa, GPU e trator.

A Petrobras, que já utiliza o aeroporto como base aérea para acesso às plataformas instaladas em alto mar, está ampliando o terminal de passageiros em uma área contígua ao aeródromo, que foi alugada pela estatal. A intenção é dotar o terminal com capacidade para receber até 400 pessoas.

Movimento de pousos e decolagens nos aeroportos, Interior de SP:

Janeiro a Novembro de 2012

Jundiaí – 92.504

Sorocaba – 72.370

Ribeirão Preto – 55.467

Bragança Paulista – 40.458

Campinas (Amarais) – 32.154

São José do Rio Preto – 27.732

Itanhaém – 21.491

Bauru – 20.955

Araraquara – 17.538

Presidente Prudente – 15.622

Janeiro a Dezembro de 2011

Jundiaí – 80.598

Sorocaba – 65.395

Ribeirão Preto – 54.202

Campinas (Amarais) – 47.457

São José do Rio Preto – 30.872

Bragança Paulista – 29.335

Bauru – 22.207

Itanhaém – 15.638

Presidente Prudente – 13.281

Piracicaba – 12.618

Fonte: www.daesp.sp.gov.br

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Aperte o play para a melhor, rádio NOVA TUPI!

Curta nossa página no Face

Portal de Notícias ER

O Expresso Regional Baixada Santista

Participe do ER

Envie notícia

O Expresso Regional Vale do Ribeira