O Expresso Regional

Começam as obras do VLT na Baixada Santista

Começam as obras do VLT na Baixada Santista

junho 01
00:37 2013

Cotidiano –

Mapa (foto), traz o traçado do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) da Baixada Santista; primeiro trecho corresponde à cor vermelha. Veículo Leve sobre Trilhos atenderá diretamente 87 mil usuários por dia; previsão é que as obras sejam finalizadas em junho de 2014.

ER

Da Reportagem

Previsão é que as obras sejam finalizadas em junho de 2014

Previsão é que as obras sejam finalizadas em junho de 2014

O governador Geraldo Alckmin deu início nesta quarta-feira, 29, às obras do primeiro trecho do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) na Baixada Santista. O empreendimento faz parte do Sistema Integrado Metropolitano (SIM), que visa reestruturar o transporte público da Baixada. A previsão é que as obras sejam finalizadas em junho de 2014.

“Estamos iniciando uma grande obra, R$ 895 milhões, 16,6 km de ferrovias, 22 trens, 154 carros, o primeiro VLT elétrico, poluição zero, silencioso, confortável, sete carros cada trem, com 400 passageiros por trem. O primeiro lote começa aqui na Conselheiro Nébias [em Santos] com a Francisco Glicério, e vai até São Vicente, no terminal Barreiros, 9,5 km”, disse o governador.

O trecho entre Barreiros (São Vicente) e Conselheiro Nébias (Santos) será servido por um terminal (Barreiros), uma Estação de Transferência (São Vicente), pátio de apoio do VLT e 11 estações de embarque/desembarque ao longo do traçado. Seis estações serão instaladas em São Vicente e outras cinco em Santos.

Obras do VLT na Baixada Santista receberão mais de R$ 800 milhões em investimento

Obras do VLT na Baixada Santista receberão mais de R$ 800 milhões em investimento

“Em setembro começa o segundo trecho, da Conselheiro Nébias até o Valongo. São mais 7,1 km, com prazo de 12 meses para ter a obra física concluída e também os trens para poder iniciar os testes de operação. Grande conquista para a região”, completou Alckmin.

O Veículo Leve sobre Trilhos atenderá diretamente 87 mil usuários por dia, com intervalo médio de 210 segundos entre os veículos. De maneira indireta, todos os habitantes (1,7 milhão) dos nove municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista vão usufruir dos benefícios do VLT, já que haverá menos ônibus em circulação, menos poluição sonora, além da redução do tempo gasto nas viagens entre os municípios.

 

 

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Aperte o play para a melhor, rádio NOVA TUPI!

Visite nosso CANAL no Facebook

Canal Expresso Regional

Portal de Notícias ER

O Expresso Regional Baixada Santista

Participe do ER

Envie notícia

O Expresso Regional Vale do Ribeira