O Expresso Regional

Corpo do fotógrafo Paulo Freitas é sepultado em Santos (SP)

Corpo do fotógrafo Paulo Freitas é sepultado em Santos (SP)

outubro 05
13:30 2013

ER

(Foto: MATHEUS TAGÉ/DL)

O corpo do fotógrafo Paulo Freitas, encontrado na noite de quinta-feira (3), em Itanhaém foi velado na sexta-feira (4) no Memorial Necrópole Ecumênica de Santos. O sepultamento aconteceu às 17 horas do mesmo dia. Familiares, muitos amigos e colegas de trabalho estiveram na cerimônia para o último adeus a Paulo Freitas.

O caso

Paulo Freitas (Foto: Divulgação)

Paulo Freitas (Foto: Divulgação)

O fotógrafo Paulo Freitas foi a Itanhaém no sábado de manhã para entregar a escritura de uma chácara que ele vendeu há cerca de um ano e meio. Por demorar para retornar para casa, a família, que mora em Santos, começou a procurá-lo.

Na segunda-feira (30), uma calça jeans do fotógrafo foi encontrada por investigadores na casa da irmã do suspeito e a família de Freitas reconheceu a peça de roupa como sendo dele. No dia seguinte, o carro do fotógrafo foi encontrado abandonado no centro da cidade de Mongaguá sem chave, com um dos vidros aberto e sem gasolina.

Na quarta-feira (2), a Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão temporária de Ronaldo, após uma testemunha, identificar ele como sendo o assassino. A prisão aconteceu em Peruíbe. Ronaldo confessou o crime logo após ser preso e mostrou o local onde o corpo de Freitas estava.

Paulo Jorge de Freitas, nasceu na cidade de Santos no dia 15 de Março de 1956. Se formou em jornalismo pelo Centro Universitário Unimonte.

Em 1984, ingressou no jornal A Tribuna, onde exerceu as funções de: laboratorista, fotógrafo do estúdio fotográfico na área comercial, até ser promovido a repórter fotográfico. Realizou no mês de janeiro deste ano a exposição “Momentos” na Galeria da Pinacoteca Benedito Calixto.

Para ler mais notícias, curta a página do Expresso Regional no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

PERUÍBE, ITANHAÉM, MONGAGUÁ, ITARIRI, PEDRO DE TOLEDO, MIRACATU, PRAIA GRANDE, IGUAPE, JUQUIÁ, ILHA COMPRIDA, REGISTRO.

Artigos relacionados

1 comentário

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *