O Expresso Regional

IPTU de Peruíbe sofrerá aumento de aproximadamente 40% em 2014

IPTU de Peruíbe sofrerá aumento de aproximadamente 40% em 2014

IPTU de Peruíbe sofrerá aumento de aproximadamente 40% em 2014
outubro 02
11:17 2013

Peruíbe/ Câmara

Da Assessoria

“Infelizmente o aumento do IPTU foi aprovado” lamentou o vereador Dr. Luiz Mauricio, pelas redes sociais, logo após a sessão extraordinária da última quinta feira (26).

O vereador ressaltou em sua manifestação a importância da mobilização da sociedade nesse projeto: “Sinto que fizemos nossa parte. Se não fosse a mobilização da sociedade, o aumento da alíquota seria para 1%, o que acarretaria a elevação do IPTU em mais de 60%”.

Segundo ele, as manifestações fizeram com que a Prefeita Ana Preto retirasse o projeto e apresentasse um novo, prevendo um aumento da alíquota para 0,8% e depois, vendo que a população continuava contrária, a prefeita apresentou uma emenda ao projeto, mantendo a alíquota em 0,6% para os imóveis até R$ 80 mil.

“Mesmo com a população contra, a Prefeita insistiu e conseguiu a aprovação. O aumento foi ruim para o povo de Peruíbe”, afirmou.

O vereador acredita que se não houvesse uma mobilização, o Projeto aprovado seria o primeiro, com o aumento da alíquota de 1%.

Ele ainda destacou os impactos financeiros que o Projeto trará para o município, que aumentará em R$ 6 milhões no próximo exercício. “Os números nos mostram que esse valor não é a redenção para o desenvolvimento da nossa cidade. Estamos falando de um aumento de aproximadamente 3% na arrecadação. Dá para pagar em torno de 3 meses do contrato da empresa que administra a UPA. É muito pouco para falar-se em grande desenvolvimento da cidade. Esse valor poderia ser economizado em reajuste com os serviços terceirizados pela Prefeitura”, falou Dr. Luiz Maurício.

O vereador finalizou explicando que a busca por investimentos e novas maneiras de arrecadação seriam fundamentais para o município. “Continuo acreditando que outras medidas seriam mais eficazes, como a diminuição das despesas, a otimização da cobrança dos Tributos, investimento no Setor Anexo das Fazendas, etc. Por isso, espero que toda essa mobilização leve a Prefeita Ana Preto a rever a forma que vem conduzindo sua administração. Reitero aqui minha disposição em colaborar no que for preciso para o desenvolvimento da nossa cidade, independente de posicionamento político e partidário. Essa bandeira precisa ser levantada por todos e, com certeza, sou um deles”.

Para ler mais notícias, curta a página do Expresso Regional no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

PERUÍBE, ITANHAÉM, MONGAGUÁ, ITARIRI, PEDRO DE TOLEDO, MIRACATU, PRAIA GRANDE, IGUAPE, JUQUIÁ, ILHA COMPRIDA, REGISTRO.

 

Artigos relacionados

6 comentários

  1. Monica
    Monica janeiro 22, 12:05

    Eu acho que essa história de sorteio de carro e moto é uma forma de iludir as pessoas em Peruíbe depois dos aumentos abusivos aplicado no IPTU 2014, eu vou ter que pagar a partir de agora de IPTU quase 4.000,00reais, é absurdo!
    Vamos fazer protesto para acabar com essa exploração. Espero que o Ministério Público de Peruíbe ajuíze uma ação visando acabar com esse descalabro.

    Responder esse comentário
  2. Pedro NUnes
    Pedro NUnes janeiro 10, 11:22

    Estava comprando uma casa ahi na cidade para morar, mas com o AUMENTO DO IPTU, adivinha se não estou mudando para outra cidade.

    Responder esse comentário
  3. sergio
    sergio dezembro 26, 13:06

    Esse aumento de Peruíbe é absolutamente indevido. Atinge quase que totalmente as casas de veraneio. Demonstra-se exorbitante, pois ultrapassa em muito os índices inflacionários. Os turistas deverão pagar as contas da incompetência da prefeita e demais dirigentes da cidade. Será, no final, “um tiro no pé”, pois vai afugentar turistas e afetar o comércio em geral. Espero que o Ministério Público de Peruíbe ajuíze uma ação visando acabar com esse descalabro.

    Responder esse comentário
    • Nelson
      Nelson janeiro 07, 08:09

      Porque não fazemos ai em Peruibe, o que foi feito em São Paulo? Vamos à justiça, pois é o único recurso cabivel contra esse descalabro!

      Responder esse comentário
  4. Marcos
    Marcos novembro 22, 12:16

    Por ter imóveis em sua grande maioria de veraneio, não justifica o aumento de 40%. E para os comerciantes, também não é um bom negócio, uma vez que estes 40% devem ser repassados para o consumidor. Quem ganha é a Prefeitura. Que arrecada mais para suprir a sua máquina…

    Responder esse comentário
  5. Luis
    Luis outubro 30, 14:31

    IPTU CARO AFUGENTA A MAIORIA DO INVESTIDORES DE QUALQUER CIDADE, É MAIS UM TIRO NO PÉ DE PERUÍBE.

    Responder esse comentário

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *