Something went wrong with the connection!

O Expresso Regional

Joelmir Beting: O profissional vai, mas a sua obra fica

Joelmir Beting: O profissional vai, mas a sua obra fica

Joelmir Beting: O profissional vai, mas a sua obra fica
dezembro 01
08:33 2012

Confira algumas das frases marcantes que o profissional deixou

O jornalismo brasileiro perdeu Joelmir Beting, 75, que sempre se destacou por criar frases históricas, tanto nos tempos de cronista esportivo como nas últimas décadas, quando se dedicou à cobertura da Economia.

Veja algumas frases atribuídas ao jornalista. Pensamentos que já estão publicados nos sites Frases Famosas e Pensadores (UOL), nas redes sociais e na página da Band na internet. Na lista de fatos que marcaram a sua carreira está a ideia que eternizou o termo “gol de placa”. “Não sou autor da expressão gol de placa. Eu sou o autor da ‘placa do gol’”, disse ao participar do ‘Jogo Aberto’, em agosto de 2011. Ele se referia à ideia de fixar uma placa no Maracanã para homenagear um belo gol que Pelé fez contra o Fluminense, em 1961.

joelmirs-fotos

Joelmir em vários momentos de sua carreira (Imagem: Arquivo Pessoal – Mauro Beting)

Frases criadas pelo profissional:

“Quem não deve não tem”.

“Explicar a emoção de ser palmeirense, a um palmeirense, é totalmente desnecessário. E a quem não é palmeirense… É simplesmente impossível”.

“As Bolsas de Valores, como os aviões, são cem por cento seguras: todo avião que sobe, desce”.

“Temos seis calendários no mundo de hoje: o calendário gregoriano ou cristão, o calendário judaico, o calendário islâmico, o calendário japonês, o calendário chinês e o calendário brasileiro”.

“Se não podemos melhorar o que causa a febre, pelo menos temos de melhorar a qualidade do termômetro”.

“A natureza não se defende; ela se vinga”.

“Metade da humanidade passa fome. A outra metade faz regime”.

“Em economia, é fácil explicar o passado. Mais fácil ainda é predizer o futuro. Difícil é entender o presente”.

“Não há soluções políticas para problemas econômicos”.

“Você só consegue explicar aquilo que entendeu”.

“Modernizar não é sofisticar. Modernizar é simplificar”.

“Quando os preços sobem é inflação; quando descem é promoção”.

“A gestão da economia tem apenas dois problemas: quando as políticas fracassam e quando as medidas funcionam”.

“A verdade é que o Brasil teima em não fazer 70% do que deveria fazer, nem 50% do que já poderia ter feito. O tal de neoliberalismo nada tem a ver com isso”.

“No Brasil, fomos dopados pela cultura da abundancia, irmã siamesa da cultura da ineficiência, da acomodação e da tolerância; responsável pelo nosso atávico desperdício de terra, de água, de mata, de energia, de sossego e de gente”.

“É melhor uma Ford na Bahia do que na Argentina. As isenções fiscais referem-se a impostos futuros que não existiriam sem a fábrica funcionando”.

“PT é, de fato, um partido interessante. Começou com presos políticos e vai terminar com políticos presos”.

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Aperte o play para a melhor, rádio NOVA TUPI!

Curta nossa página no Face

Portal de Notícias ER

O Expresso Regional Baixada Santista

Participe do ER

Envie notícia

O Expresso Regional Vale do Ribeira