Portal O Expresso Regional
Something went wrong with the connection!

O Expresso Regional

Mais da metade (54,5%) dos formandos em medicina foram reprovados nos exames do Cremesp

Mais da metade (54,5%) dos formandos em medicina foram reprovados nos exames do Cremesp

dezembro 10
23:00 2012

Já no ano passado, 46% dos examinados haviam sido reprovados pelo Conselho de medicina. Enquanto isso, cerca de 4500 erros médicos são registrados por ano , só no estado de  SP

No ano passado, 2011, o Conselho de Medicina fez um exame não obrigatório com estudantes do sexto ano de medicina. E os resultados já preocupavam na época, pois 46% dos examinados, foram reprovados. Entre as respostas erradas, 51% foram sobre a saúde pública, obstetrícia 46%, clínica médica, 45,5% e pediatria 41%. Os estudantes demonstraram desconhecer como diagnosticar e tratar uma infecção de garganta, meningite e sífilis.Saúde está na UTI

Agora em 2012, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) divulgou no início deste mês de dezembro, o índice de aprovação no Exame do Cremesp, obrigatório a todos os formandos de Medicina e realizado pela primeira vez, em novembro, (11), deste ano. O resultado mostrou um índice de 54,5% na reprovação.

A prova foi composta por 120 questões de múltipla escolha, abrangendo problemas comuns no dia a dia da prática médica, como diagnóstico, tratamento e outras situações, em nove áreas básicas, sendo elas: Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia, Obstetrícia, Saúde Mental, Epidemiologia, Ciências Básicas e Bioética. A nota de corte utilizada pelo Cremesp é 6, ou seja, para aprovação o participante deve acertar pelo menos 72 questões.

Afinal, de que serviram essas avaliações, se embora tenham sido reprovados nos exames, esses formandos receberão normalmente seus registros como médicos?SAÚDE NA UTI

Outras perguntas que fazemos são: O baixo nível do ensino fundamental e médio brasileiro, já teria chegado às nossas universidades? Ele, o baixo nível de ensino, está agora de onde deveriam sair pessoas preparadas para salvar vidas humanas?

Coincidência ou não, cerca de 4500 erros médicos são registrados anualmente, só no estado de  SP. E o número de médicos denunciados no Conselho Regional triplicou nos últimos 10 anos.

Me parece que aqui, os meios estão justificando os fins.

Não estamos generalizando, pois é preciso separar o bom médico, o profissional bem formado, dedicado à vida e conhecedor de seu trabalho, aquele que honra o juramento de Hipócrates,feito por ocasião de sua formatura.

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Aperte o play para a melhor, rádio NOVA TUPI!

Curta nossa página no Face

Procurando por flats em São Paulo?

r2-flats

http://www.flatsaopaulo.com/

Portal de Notícias ER

O Expresso Regional Baixada Santista

Participe do ER

Envie notícia

O Expresso Regional Vale do Ribeira