O Expresso Regional

Se a Câmara de vereadores de Peruíbe toma um “passa – moleque”, imagine o “passa” na população

Se a Câmara de vereadores de Peruíbe toma um “passa – moleque”, imagine o “passa” na população

maio 09
13:01 2013

ER

Por Tuca Fumagalli

Na sessão da Câmara de quarta- feira (8), a prefeita Ana Preto foi cobrada e criticada por ainda não haver entregue os uniformes escolares, prometidos para os alunos da rede Municipal de Ensino de Peruíbe. Pelo motivo alegado de se fazer a tal compra dos uniformes escolares, que não aconteceu, a prefeitura retirou verbas de alguns setores, incluindo o Esporte. Retiraram o dinheiro e os uniformes não vieram até agora.

O remanejamento das verbas que foi realizado pela prefeitura, foi aprovado pela Câmara, mas, somente após haver um compromisso assumido na ocasião pela prefeita, junto aos vereadores da Casa. Na oportunidade, a prefeita se comprometeu de que entregaria os uniformes aos alunos até o mês de março. Da mesma forma, Ana Preto à época, assumiu de que devolveria a verba retirada do Esporte até o mês de abril. Nada disso acabou acontecendo.

Já estamos em maio e, a prefeita Ana Preto não entregou os uniformes aos alunos da Cidade, assim como também não devolveu a verba retirada do Esporte. Isso causou um mal estar geral na sessão da Câmara Municipal de Peruíbe. O Executivo deixou os vereadores, aqueles que votaram a favor das retiradas das verbas, numa histórica saia justa.

Até mesmo o vereador Osvaldo (PR), irmão do vice- prefeito e secretário de Saúde Nelson do Posto, mostrou sua insatisfação ao afirmar que: Os vereadores tomaram um “Passa-moloque” (logro, perfídea, chapéu, tombo, traição) da prefeita de Peruíbe.

O caso é muito sério, pois se a prefeitura conseguiu dar esse “passa – moleque” na Câmara, imagine o “passa” que está sofrendo a população.

Apesar de todo esse mal estar provocado pelo Executivo, agora a prefeita apresentou um Projeto de Lei, no qual pede para que os vereadores aprovem mais uma “pequena retirada” de cerca de R$7 milhões. O dinheiro, se aprovado pela Câmara, vai sair da  iluminação pública, uniformes escolares, construção do fórum e outros investimentos, para serem gastos com as empresas terceirizadas pela prefeitura.

Vamos em frente…sem “passa – moleque”.

Assista ao vídeo da indignação do vereador Osvaldo

Siga o ER no twitter: @jornalEREGIONAL

 

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Aperte o play para a melhor, rádio NOVA TUPI!

Visite nosso CANAL no Facebook

Canal Expresso Regional

Portal de Notícias ER

O Expresso Regional Baixada Santista

Participe do ER

Envie notícia

O Expresso Regional Vale do Ribeira