O Expresso Regional

Suspeito preso pela polícia confessa assassinato de empresária ocorrido em Peruíbe (SP)

Suspeito preso pela polícia confessa assassinato de empresária ocorrido em Peruíbe (SP)

outubro 22
11:24 2013

ER

Foi preso na última sexta-feira, na rodoviária do Rio de Janeiro, quando embarcava para uma outra cidade, o suspeito de ser o responsável pela morte da empresária de São Paulo Ruth Rodrigues. Ruth foi morta no último dia 15 em Peruíbe, litoral sul de SP. O homem confessou o homicídio durante depoimento prestado na Delegacia Sede da Cidade.

De acordo com o depoimento prestado,  ele trabalhava como caseiro na residência de veraneio da vítima, e um desentendimento ocorrido entre eles, levou ao crime. Durante a desavença, o homem utilizou uma espécie de carranca de madeira para golpear a cabeça de Ruth.

Carro de Ruth foi encontrado incendiado. (Foto: Divulgação)

Carro de Ruth foi incendiado para esconder provas. (Foto: Divulgação)

Após golpear a cabeça da vítima, o caseiro enrolou o corpo em um lençol e levou até o Barra do Una, onde dispensou o cadáver. Na manhã seguinte (16), o homem dirigiu o veículo de Ruth até a divisa com Itanhaém, e colocou fogo no autómovel para ocultar possíveis provas. Junto com o carro, ele queimou a carranca utilizada para assassinar a proprietária do imóvel.

O veículo foi encontrado ainda em chamas no Bairro Santa Cruz por policiais militares.  Dentro do carro foi localizado um cobertor com várias manchas de sangue. Na sexta-feira, policiais de Peruíbe se deslocaram ao Rio de Janeiro para realizar a prisão do criminoso, que foi localizado em uma rodoviária quando embarcava em um ônibus para outra cidade.

O caso

O corpo de uma mulher, identificado como sendo de  Ruth Rodrigues, 56, foi encontrado, na tarde de terça-feira (15) em Peruíbe, na praia de Barra do Una, litoral de São Paulo. Ela morava em São Paulo e, sua família possui uma casa de veraneio na Cidade.

Na segunda-feira (14), Ruth foi para Peruíbe sozinha e chegou a  falar com o marido, por telefone, avisando que já havia chegado na cidade. Algum tempo depois, o marido não conseguindo mais falar com a esposa, foi até a cidade e registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento.

O veículo que Ruth dirigia foi encontrado totalmente queimado, na divisa de Peruíbe com o município de Itanhaém, na terça-feira (15). O corpo de Ruth foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande.

Segundo a polícia, já existem suspeitos, que podem ter cometido o crime. As investigações prosseguem.

Para ler mais notícias, curta a página do Expresso Regional no Facebook, siga nosso Twitter ou adicione ao Google+

PERUÍBE, ITANHAÉM, MONGAGUÁ, ITARIRI, PEDRO DE TOLEDO, MIRACATU, PRAIA GRANDE, IGUAPE, JUQUIÁ, ILHA COMPRIDA, REGISTRO.

Artigos relacionados

0 Comments

Sem comentários

Nenhum comentário até agora. Quer começar?

Comentar

Comentar

Your email address will not be published.
Required fields are marked *